Kickboxing: O esporte que Combina Força, Técnica e Determinação

Kickboxing: O esporte que Combina Força, Técnica e Determinação

O kickboxing é uma forma de combate que combina chutes e socos, originada da fusão entre o boxe ocidental e o karatê Japonês.

Com uma história rica e uma popularidade crescente em todo o mundo, o kickboxing cativa atletas e entusiastas que buscam desafiar seus limites físicos e mentais.

História do kickboxing

O termo “Kickboxing” era sempre utilizado para se referir a todo e qualquer estilo de luta que combinasse chutes e socos.

Esse termo fazia menção a qualquer tipo de confronto ou desafio entre lutadores de diferentes artes.

Oficialmente o termo “kickboxing” começou a ser utilizado em eventos  na década de 1960 no Japão, onde estava ocorrendo uma série de desafios entre lutadores de karatê e muay thai e se utilizava o termo  para deixar claro que era uma disputa entre artes marciais diferentes.

Nessas primeiras versões o “kickboxing” era a mistura entre o Karatê e o Muay thai. Então cada lutador utilizava um pouco de tudo que valia em cada arte marcial e se confrontavam nesse mix entre as duas artes marciais.

Mais tarde nos EUA, no auge dos desafios inter-estilos, lá pelo final da década de 70 início dos anos 80, os Karatecas queriam um forma de competição que pudesse colocar a prova as suas habilidades, sendo que o karatê era bem limitado às próprias regras dentro das competições.

Então começaram a desenvolver essa forma de combate onde combinavam os chutes e técnicas do Karatê com os socos do boxe, assim começou a ser criado o Karatê full contact, que seria o contato total, o máximo de combatividade da categoria. 

Foi aí que alguns karatecas decidiram viajar para a Tailândia para desafiar lutadores de muay thai e provar que o seu estilo era tão bom quanto o dos asiáticos, esse foi o pontapé inicial para a criação do kickboxing como conhecemos hoje.

Nessa época no Brasil, começaram a surgir escolas e academias de  full contact, pois o termo kickboxing ainda não era utilizado nesse modelo de luta. 

A partir daí foram surgindo federações e organizações que delimitaram as regras específicas da modalidade full contact.

Também surgiram novas modalidades como o low-kicks onde eram válidos chutes baixos, foi aí que surgiram eventos importantes para o desenvolvimento do kickboxing, como o  japonês K1-Rules onde foram inseridas também as joelhadas.

Logo, o kickboxing se tornou um esporte independente, com regras e técnicas específicas

Kickboxing não é arte marcial!

O kickboxing herdou muitas coisas da arte marcial japonesa como a troca de faixa, e cumprimentos como o “oss” que é uma demonstração de respeito com o tatame, colegas e professores.

Apesar dessas tradições deixarem o kickboxing com uma cara de arte marcial, ele é na verdade, um esporte de combate, que é um grande misto de muitas técnicas e tradições que agregam um valor imenso à modalidade.

Hoje o kickboxing é um esporte difundido no mundo todo, sendo muito bem visto  e aprimorado em países da Europa onde o esporte é muito popular.

A  Holanda hoje é considerada uma referência no esporte, onde o  kickboxing é quase uma tradição do país.

Características do kickboxing

Uma das principais características do kickboxing é a sua versatilidade.

Os praticantes têm a liberdade de usar uma ampla gama de ataques, incluindo socos, chutes e joelhadas.

A movimentação rápida e intensa também é algo muito característico desse esporte que utiliza de entradas e saídas rápidas, desferindo golpes em sequências de combinações entre mãos e pernas.

É válido ressaltar que no kickboxing não é permitido o uso de cotoveladas, trabalho de clinch ou aplicações de quedas.

Modalidades do kickboxing

Atualmente dentro das regras de competição do kickboxing temos 7 modalidades distintas que são divididas entre, modalidades de ringue e tatame.

Modalidades de ringue  

As modalidades de ringue são as seguintes: K1-style, Low kicks e Full contact.

Cada uma tem suas regras específicas que podem variar em cada federação, mas todas têm algo em comum que é o uso total da força e a busca pelo nocaute.

Modalidades de tatame

 As modalidades de tatame são: Kick-light, Light contact, Point fight e Musical forms, sendo a última um estilo de apresentação onde o atleta apenas exibe uma “coreografia” aplicando e demonstrando os golpes no ar ou com auxílio de um companheiro de apresentação.

Esse estilo de demonstração se faz presente em vários tipos de artes marciais como no karatê, kung-fu e até no muay thai.

Já nas outras modalidades de tatame, o combate é realizado visando sempre a vitória por pontuação em cima do adversário. Não é permitido buscar o nocaute nas práticas de tatame.

Equipamentos de treino

Se você treina ou pretende começar a praticar o “kickboxing” como atividade física, deve ficar atento quanto à aquisição de equipamentos, algumas academias oferecem aparadores, luvas e caneleiras para os alunos, mas eu recomendo você a adquirir seus próprios materiais.

Protetor bucal

Esse é um equipamento de proteção essencial para a prática de qualquer esporte de contato, pois ele protege a região da boca de possíveis lesões e principalmente protege o seu cérebro, levando em conta que ele mantém seu maxilar firme caso leve alguma pancada forte na região, evitando assim possíveis lesões.

Bandagens

As bandagens assim como o protetor bucal, são fundamentais para proteger suas mãos e pulsos de possíveis lesões provocadas pelo impacto que essa região recebe ao desferir golpes duros. Elas mantêm seu pulso firme para que você não sofra com torções ou lesões do tipo.

Luvas

As luvas tem como função proteger toda a sua mão, punho e dedos, sendo ela quem faz todo o trabalho de amortecimento e absorção dos golpes.

Escolher luvas de qualidade é um dos passos mais importantes para quem quer ingressar no mundo da luta, pois as luvas não são o símbolo dos lutadores à toa.

Esse é o material que vai lhe acompanhar sempre em todos os treinos, e é o principal equipamento entre todos os outros. 

Se você quer ajuda para escolher a melhor luva veja o artigo onde separei as 3 melhores luvas para iniciantes no kickboxing clicando aqui.

Caneleiras

As caneleiras são fundamentais para quem quer praticar kickboxing, além de protegerem suas pernas de lesões sérias que podem ocorrer até nos treinos mais leves, elas tem um custo benefício excepcional, pois é um equipamento que dura por muito tempo não sendo necessário adquirir novas caneleiras tão cedo.

Veja o guia completo para escolher as melhores caneleiras para kickboxing

Aparadores

A maioria das academias fornece aparadores, mas eu indico que você compre o seu próprio aparador.

Isso vai lhe trazer muito mais conforto e segurança durante os treinos, tendo em vista que os aparadores de academias por serem utilizados muitas vezes com muita intensidade, acabam ficando mais sensíveis, e se você não tem uma boa resistência à dor pode acabar se machucando.

Veja o guia para escolher o melhor aparador de chutes

Os benefícios da prática do kickboxing

Kickboxing: O esporte que Combina Força, Técnica e Determinação

Além dos benefícios físicos, que sabemos hoje, os esportes e atividades físicas proporcionam para nossa saúde, o kickboxing também oferece uma série de vantagens mentais. 

A prática constante desse esporte ajuda a desenvolver a disciplina, a autoconfiança e a determinação.

É também um ansiolítico e antidepressivo natural, pois aumenta a produção de substâncias benéficas ao corpo e mente.

O sentimento de dever cumprido a cada treino realizado e técnica aprendida é indescritível, coisa que somente quem pratica entende.

Os lutadores aprendem a controlar suas emoções e a enfrentar desafios com coragem e resiliência. Através do treinamento intenso e do foco exigido, eles descobrem sua verdadeira força interior.

A melhoria da coordenação motora e dos reflexos é uma parte crucial do treinamento, pois permite que os lutadores se movimentem rapidamente, desviando de golpes e lançando contra-ataques precisos.

Muito mais que uma luta.

O kickboxing é muito mais do que apenas uma forma de combate. É uma expressão do corpo e da mente. 

Através da prática, aprendemos a apreciar a beleza do movimento, a fluidez dos golpes e a estratégia por trás de cada ação.

O kickboxing é uma verdadeira arte, onde o lutador e seu oponente se envolvem em um diálogo físico, explorando limites e testando habilidades.

No cenário competitivo, o kickboxing ganhou destaque com a criação de organizações profissionais e campeonatos internacionais.

Lutadores talentosos de todo o mundo se enfrentam em ringues e tatames, demonstrando suas habilidades e técnicas refinadas.

Esses eventos atraem uma grande base de fãs e ajudam a promover o esporte, estimulando o crescimento contínuo da comunidade do kickboxing.

Além da competição, o kickboxing também é uma forma popular de condicionamento físico e autodefesa.

Muitas pessoas procuram academias  para aprender as técnicas do kickboxing como uma maneira de se manterem ativas, fortalecerem o corpo e adquirirem habilidades de autodefesa. 

Os benefícios físicos e mentais são evidentes para aqueles que se dedicam a essa prática.

Em resumo, o kickboxing é um esporte fascinante que combina força, técnica e determinação.

Seja no contexto competitivo ou como uma forma de condicionamento físico, essa disciplina permite que os praticantes explorem seus limites, desenvolvam habilidades físicas e mentais e se conectem com a beleza do movimento. 

Se você está disposto a aceitar o desafio, o kickboxing pode se tornar uma jornada gratificante de auto descoberta e superação.

Deixe um comentário

Rolar para cima